Transportando bebês e crianças

Volta às aulas: hora de observar a visão das crianças
4 de fevereiro de 2016
DICAS PARA EVITAR A QUEDA DE IDOSOS
29 de fevereiro de 2016

Transportando bebês e crianças

Transportar crianças da maneria correta evita multa, mas o principal é que garante a segurança delas. A multa é algo de menor importância diante da tranquilidade de uma família. Infelizmente, os acidentes de carro são a maior causa de mortes de crianças entre zero e 14 anos.

O bom é que essas mortes podem ser evitadas, basta que as crianças sejam transportadas de maneira correta. O Código Brasileiro de Trânsito exige que todas as crianças menores de 10 anos andem no banco de trás do veículo e o uso de assentos especiais é obrigatório para crianças de até 7 anos e meio. Mas os cuidados na hora de transportar a criança não param por aí.

Segundo a ONG Criança Segura, que tem como missão promover a prevenção de acidentes de crianças e adolescentes, a melhor proteção para as crianças no carro é o uso de cadeiras e assentos de segurança. “O cinto de segurança é projetado para adulto com no mínimo 1,45m de altura e por isso não protege as crianças dos traumas de um acidente”.

O problema é que muitas vezes as cadeiras de segurança são usadas de forma errada. Esses artigos devem ser certificados e apropriados ao tamanho e ao peso da criança. É importante que a cadeira se adapte devidamente ao veículo e que seja instalada corretamente. A cadeira de segurança deve apresentar o selo do Inmetro. Esse selo garante que a cadeira de segurança passou pelos testes de colisão. Os pais também devem seguir à risca as orientações do manual de uso das cadeiras.

Cada modelo é desenvolvido de acordo com o peso e a idade do usuário. Se a criança não for colocada corretamente na cadeirinha ou se esta estiver mal instalada no carro, a sua segurança fica comprometida. Recomendações de segurança para o transporte de bebês e crianças:

  • Trave a abertura das portas traseiras. Use a trava que impede que elas sejam abertas por dentro;
  • Mantenhas os vidros quase fechados. Permitindo apenas a entrada de ar para ventilação;
  • Nunca transporte crianças no colo;
  • Nunca transporte crianças no porta malas e caçambas;
  • Nunca coloque duas ou mais crianças no mesmo cinto de segurança;
  • Nunca utilize o cinto de adultos em crianças.

Existem várias soluções de segurança para transportar o bebê ou a criança, tais como, cadeirinhas especiais e banquinhos auxiliares (“booster”). Procure pela opção que melhor se adapta ao seu caso e boa viagem. Para crianças de até 13 Kg (aproximadamente 1 ano de idade): bebê conforto (sempre virado de costas para o motorista, ou seja, o bebê viaja olhando para a parte traseira do veículo); Para crianças entre 9Kg e 18Kg (aproximadamente entre 1 ano e 4 anos de idade) : cadeirinhas; Para crianças entre 18Kg e 36Kg (aproximadamente entre 4 anos e 10 anos de idade): assentos de elevação (booster); Para crianças acima de 36KG e no mínimo 1,45m de altura (aproximadamente 10 anos de idade): cinto de segurança de 3 pontos do próprio veículo. Até 1 ano de idade a criança deve  ficar na cadeirinha sempre virada de costas para o banco da frente. Tanto o bebê conforto como a cadeirinha devem ser fixadas por cintos de no mínimo 3 pontos, sendo assim, se o cinto do meio do banco de trás só tiver 2 pontos, a cadeirinha ou bebê conforto NÃO deverá ser preso no nele.. Só comece a dirigir se todos estiverem em seus devidos lugares com os cintos de segurança colocados. Só retire os bebês e as crianças dos cintos e assentos se você chegou a seu destino e está com o carro parado e desligado. Todos esses dispositivos devem estar bem presos ao cinto de segurança do veículo. Verifique o manual de cada fabricante para fazer a instalação corretamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *